sábado, 31 de dezembro de 2011

fique até o fim


Paz. Paz para esses desgraçados que apagam cigarros nos próprios braços e aos colecionadores de milhares de cicatrizes; para esses pássaros doentes com asas quebradas que nos observam tristes entocados numa boca-de-lobo; e a todos os cachorros que bebem água da sarjeta e dormem no mato queimado da Raposo. Paz, mano. Paz. Paz para todos os que saem às cotoveladas em direção a um banco no trem, quebrando joelhos nas escadarias do metrô, apressados e ensandecidos com o éter; e que seja breve o sofrimento dos que vociferam e escrevem pensamentos com as unhas em muros que jamais serão lembrados. Paz praquela tia que fica gritando e arrancando os cabelos lá em frente de uma livraria perto da Catedral da Sé há muito tempo (paz para ela, ela merece acordar...). Para o pai que não vê mais o filho e submerge todas as noites dentro de um buraco na parede com o formato de uma boca; e às crianças lá no Terminal Bandeira que há anos atravessam os faróis sem se importar com os carros (molecada, cuidado). Para os que se deitam embaixo de camas velhas e olham - por horas - o estrado carcomido e sua estrutura precária corroída por vermes imemoriais, aos que dormem em lugares com cobertor de fuligem e poluição dessa funesta cidade; e para os que cometeram crimes inenarráveis e mal se recordam de nada no limbo das calçadas. Aos que trapaceiam nas cartas para pagar um aluguel. Paz para Fabiano, à Baleia e seus preás. Paz pro João e seu PS2. Paz para os que vagam pela cidade observando as pessoas e olhando no olho do outro; para os que mandam um playboy-parasita-filho-da-puta à merda; e às velhas prostitutas que seguem tentando despertar de um pesadelo envolvendo uma navalha afiada há muito tempo atrás.
Paz para os que falam sozinho.
Para esses malditos que insistem em existir.
Aí, paz para nós todos, mano.
Paz.
(hora de subir os créditos, trilha sonora, fique até o fim...)
The Card Cheat - London Calling - The Clash by The Clash on Grooveshark

5 comentários:

  1. Paz pra você também, Marquinhos ;)

    ResponderExcluir
  2. Paz o caralho. Muita guerra e luta pra você em 2012, meu velho. Estaremos juntos mais uma vez nesse jogo roubado do caralho!!!

    ResponderExcluir
  3. Belo texto man,
    Seguindo o que o Pedro disse,
    Enquanto houver vida, haverá um motivo pra lutar - Flicts

    ResponderExcluir
  4. Bravo! É sempre bom lembrar de quem é "invisível".Me emocionou....

    ResponderExcluir